Administração de Águas Claras inaugura Programa Cidades Limpas nesta segunda-feira (14)

A ação conjunta com diversos órgãos do GDF visa à manutenção dos espaços públicos da cidade

Depois de auxiliar o programa em outras cidades, administração de Águas Claras coordena ação na própria cidade
Depois de auxiliar o programa em outras cidades, administração de Águas Claras coordena ação na própria cidade
(Foto: Reprodução/Internet)

 

A nossa cidade receberá, nesta segunda-feira (14/08), a próxima etapa do programa Cidades Limpas, realizado pela Administração de Águas Claras, com o apoio de diversos órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF). A ação conjunta, que será inaugurada pelo administrador Manoel Valdeci, na companhia do governador Rodrigo Rollemberg, visa à manutenção dos espaços públicos da cidade, e terá sua inauguração na praça Rouxinol, a partir das 9h00 (Brasília).

Leia mais notícias em Cidade

Durante o ano de 2016 e o primeiro semestre de 2017, foi levantada, pela Administração de Águas Claras, uma lista de reivindicações da população e, no topo do ranking das maiores reclamações, estava a denúncia de queimadas. “No mínimo 200 chamados foram atendidos, além de outras sugestões, como a [falta de] iluminação em praças e quadras, ou a ocupação de vagas públicas por sucatas ou carcaças de carros abandonados”, afirma Valdeci.

A proposta deveria ter sido iniciada no mês de maio, conforme a administração, mas o projeto teve sua data adiada por pelo menos três meses. “Não tínhamos para onde levar esses carros abandonados”, conclui o administrador.

Carcaças

O órgão mapeou, no mês de junho, as vagas públicas que estão ocupadas por veículos abandonados, fotografando e notificando os donos dos veículos. Além disso, foi feita a verificação da situação de todos eles.

De acordo com a entidade, que está chefiando a ação na cidade, os carros que tiverem mais de 30 dias ocupando a mesma vaga, serão removidos para depósitos, como o da 21ª Delegacia de Polícia, em Taguatinga, ou os do Riacho Fundo II e do Recanto das Emas, enquadrados no art. 2º da Lei nº 5.342/2014.

“O objetivo dessa ação, de forma alguma, é punir os responsáveis pelos veículos, mas sim previnir danos à sociedade [como a proliferação de mosquitos da dengue]. Esses carros atrapalham ainda mais a questão do estacionamento público na nossa comunidade”, explica Valdeci.

Outras ações

Além da retirada dos veículos, o apoio do SLU, da Novacap, do DER e da CEB, por exemplo, terá bastante relevância. A limpeza de terrenos sem construção, dos prédios e obras abandonadas, a orientação de retirada de lixo, além da revitalização das sinalizações e da iluminação, são outras opções que garantirão a eficácia da ação.

Posto de Vacinação

A intenção da administração também é dar outro passo significativo para a gestão: inaugurar o Posto de Vacinação da quadra Rouxinol. O posto já teve todas as obras de reparo e infraestrutura concluídas, e só espera agora o aval do governo para começar a funcionar.

Revista Águas Claras

Seu canal de notícas em Águas Claras, Brasília e Brasil.

Email:

contato @revistaaguasclaras.com.br

 

Fax:

+061 3034 0000 / 9908 9100