Curso gratuito formará novos produtores culturais em Brasília

Capacitação reunirá instrutores de renome no cenário local e nacional em aulas presenciais e virtuais. Projeto busca investir na entrada de mulheres no mercado cultural e na formação de novos produtores no DF

Estão abertas as pré inscrições para a 2ª edição do Curso Livre de Capacitação em Produção Cultural, promovido pela NTCA Produções em parceria com o Instituto Federal de Brasília (IFB). O programa é apresentado pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC-DF) da Secretaria de Cultura, sendo gratuito e com carga horária de mais de 60h entre parte teórica e prática além de certificação de curso de extensão.

O projeto busca instrumentalizar profissionais para uma visão ampla, multidisciplinar e criativa da elaboração,  gestão  e  execução  de  projetos  culturais.  “Brasília é um grande centro da produção cultural atualmente e, por  isso, ainda está carente de cursos e eventos de formação e capacitação, de uma visão atualizada das novas ferramentas para atuação cultural e economia criativa”, explica Fabio Pedroza, produtor, professor e um dos responsáveis pela ideia.

“Queremos formar novos perfis, preparados para atuar em um ambiente tão dinâmico quanto o Distrito Federal vem, cada vez mais, exigindo de quem aposta em diversidade cultural”, afirma.

Em sala de aula, será possível compreender melhor o papel do produtor cultural, as etapas da produção, o mercado de trabalho e as áreas de atuação possíveis para os novos profissionais. Na etapa prática, os alunos ainda terão a oportunidade de elaborar projetos culturais reais que, após avaliação dos instrutores, poderão ser aplicados em eventos locais, ainda durante a formação.

O curso será ministrado pelos produtores culturais Janaína Montalvão, Fabio Pedroza e Fabrício Ofuji, que atuam há mais de 15 anos no mercado. Além disso, professores convidados, locais e nacionais, fazem parte da grade de colaboradores com o objetivo de formar os novos produtores culturais com uma visão sistêmica da comunicação e produção de eventos.

Compromisso social
O curso irá oferecer cotas prioritárias de 50% das vagas para mulheres com o objetivo de estimular a equidade de gênero no mercado cultural. Também serão destinadas até 20 vagas com bolsa de transporte para as Regiões Administrativas do DF com maior índice de vulnerabilidade social.

“O objetivo é oferecer oportunidade de acesso à pessoas que queiram fazer o curso e não podem muitas vezes pelo simples custo de transporte da nossa cidade. não é muito, mas acreditamos que seja um começo", explica Fabio.

Revista Águas Claras

Seu canal de notícas em Águas Claras, Brasília e Brasil.

Email:

contato @revistaaguasclaras.com.br

 

Fax:

+061 3034 0000 / 9908 9100